VOCÊ PRECISA REPENSAR SEU NEGÓCIO. JÁ SABE POR ONDE COMEÇAR?

Você sabe: não há mercado consolidado nos dias de hoje. Qualquer que seja o ramo de negócio ou área de atuação na qual você está inserido, tudo está sujeito a mudanças que podem trazer grande impacto e virar o jogo rapidamente.

Essas mudanças não estão presentes apenas em novos produtos ou serviços, mas também em modelos de negócio que se organizam de forma diferente, mais rápida, mais barata, mais eficiente ou com uma margem de investimento para impactar fortemente o mercado e ganhar na escala. Todos os pontos da organização tradicional podem ser alterados para refletir um novo funcionamento que se diferencia do atual e se utiliza de novas dinâmicas.

A questão que naturalmente vem à mente, ou ao menos deveria, é como podemos repensar o segmento no qual queremos atuar e enxergar as possibilidades de algo novo quando parece que as coisas estão funcionando do jeito que estão. A partir desta preocupação, algumas ferramentas começam a ser bastante úteis, se usadas da forma correta.

Canvas de modelo de negócio

O Canvas de Modelo de Negócio é uma das ferramentas mais utilizadas atualmente, justamente por permitir uma visualização das principais áreas que podem fazer um negócio se desenvolver, com abordagens inovadoras que trazem maior impacto. O Canvas é composto por nove áreas: proposta de valor, segmento de clientes, fontes de receita, relacionamento com os clientes, canais, atividades-chave, recursos-chave, parceiros-chave e estrutura de custos. Todas são espaços para questionar os modelos atuais e trazer potenciais de novos arranjos de negócio e inovação.

Canvas de Modelo de Negócios

Canvas de Modelo de Negócio

Porém, procurar preencher o Canvas com uma visão tradicional só pode produzir um modelo de negócio tradicional. Não é simplesmente a ferramenta que vai trazer alguma novidade. É preciso um olhar, uma abordagem que permita o desenvolvimento de ideias novas e traga questionamentos e inspiração.

Duplo diamante

Neste momento, o Design Thinking se mostra uma excelente abordagem para conduzir esse olhar. O que buscamos aqui não são somente ideias geniais e aleatórias, mas insights organizados e dispostos a construir um novo caminho. O Design Thinking pode conduzir o olhar e os questionamentos dentro de uma lógica primeiramente investigativa, que culmina em um segundo ciclo que busca resolver as questões investigadas e consolidar as descobertas em soluções práticas, implementáveis e testáveis. Ele é estruturado de modo inclusivo, de maneira que qualquer pessoa da organização possa participar, auxiliando na aplicação de um olhar crítico, holístico e multidisciplinar.

Duplo Diamante do Design Thinking

Duplo Diamante do Design Thinking

Se conduzido corretamente, o Design Thinking, combinado com o Canvas de Modelo de Negócio, pode enriquecer a visão de toda organização sobre seu negócio, trazendo inovação em vários aspectos, não somente pautados em novos produtos ou serviços, como tradicionalmente se imagina quando se fala em inovação.

A partir disso, esse modelo de negócio precisa se consolidar em implementações que envolvem várias frentes de ação, entre elas, a comunicação.

E por que só falamos de comunicação agora? Porque a comunicação estratégica só se dá a partir de uma visão consistente da organização, da verdade do negócio e dos valores que ela constrói para as pessoas - consumidores ou não -, construindo significado conforme agrega real valor sobre a marca. Não se pode ter comunicação estratégica se não se sabe o que se quer comunicar. Antes, é preciso que isso seja claro e bem delineado.

O desenho do Canvas de Modelo de Negócio, portanto, além de provocar insights durante seu desenvolvimento, se mostra como uma ferramenta útil para futuras tomadas de decisão, otimização de investimentos e direcionamento de esforços, bem como consolida a visão da organização, permitindo que estratégias de comunicação inteligentes possam tirar o máximo proveito dos pontos fortes da organização, reforçando e acelerando o relacionamento com as pessoas impactadas pelo negócio.

Destaques

  • O cenário de mercado atual convida o desenho de novos modelos de negócio;
  • Uma forma estruturada e eficiente de pensar o modelo de negócio é através do Canvas de Modelo de Negócio;
  • Utilizar uma ferramenta nova com uma visão tradicional não deve trazer resultados muito diferentes;
  • A abordagem do Design Thinking pode conduzir as ideias de forma estruturada e inspiradora;
  • A Comunicação Estratégica pode ser construída de forma mais consistente sobre negócios consistentes;
  • Um bom desenho de negócio alimenta a Comunicação e facilita tomadas de decisão, direcionamento de esforços e investimentos.